quinta-feira, 13 de agosto de 2009

a vida apenas, sem mistificação

a bem da verdade, se é que isso existe, nunca busquei ficar rica, construir patrimônio, seja lá o que isso signifique, fui assim trabalhando, trabalhando.... peguei gosto, como dizia meu avô.
Trabalho e lazer sempre estiveram juntos, era (é) com entusiasmo que tudo acontecia (acontece), mas também não diria que fiz votos de pobreza.
E, mesmo essa parede mal pintada, essa estante com a gaveta sempre emperrada ao lado desse bom e velho sofá de cana da Índia, e, tudo mais, beirando a uma simplicidade franciscana, ainda assim, eu digo com todas as letras:
_não, não fiz votos de pobreza.
É que uma coisa puxa a outra, uma leitura aqui outra ali, o sonho de acreditar que era (é) possível, que a vida poderia (pode) ser outra, que é preciso e, bla´blá blá blá..
Nã nãni nã nã
a verdade seja lá o que isso quer dizer, é que não tentei, alguns tentaram, ainda tentam, mas eu não .
só de pensar eu já sentia (sinto) um aperto, imaginar então:
_“aonde quero estar (ei) nos próximos dez, quinze, vinte anos, era o suficiente para uma noite de insônia.
Não vou negar, em alguns momentos sucumbi à pressão e, até comprei um caderninho, pra ninguém dizer que só falei das flores e, anotei alguns objetivos a médio e longo prazo, estipulei algumas metas, conquistas, investimentos a fazer, que felizmente se dissiparam na leitura de um poema de Baudelaire, de Drumond, na noite ouvindo blues, no delicioso cansaço dos ensaios, na alegria com os amigos, na querência que a vida só fosse sem ter que ter.
Que ninguém pense em ato inconseqüente, preguiça, negligência.
Loucura? Nem tanto, só desejos.
a bem da verdade seja lá o que isso quer dizer.
tudo foi (é) pensamento, perplexidade, estranheza.
é que como disse o poeta
a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação.

6 comentários:

Katia Mota disse...

Hum.... um ar de mudança.
Ha´algo de novo no reino...
bjs

sueli aduan disse...

mudança????
em mim sim,constantemente,
mas tudo sempre gira em torno do mesmo eixo,eu que estou fora, decerto(rs)
bjão

Adriana disse...

Mas esse eixo um dia desengrena.Só fica no mesmo lugar o que não tem vida, e gente, é gente...

sueli aduan disse...

Ô Adriana gostei disso, e muito
lindo,lindo.

Palavras Proscritas disse...

Sú,

Não esqueçamos a dignidade tão bem citada por Pedro Aduam:

"Aqui nesta casa se come Alface e Dignidade"

Só pra descontrair afinal aquele seu aperto tbm é meu.

Bjos

sueli aduan disse...

vc mora no meu coração, me ensinou muito, muito,muito.
amo vc
bjaõ

aperto!!! marvailhoso aperto!