terça-feira, 9 de agosto de 2011

da série- Tenho um amigo que disse que eu:



...quem acredita que todos enxergam ou buscam enxergar além dos fatos. E a queima roupa dise: — O que importa se você vê diferente? Uai! Importa, pois sou eu quem vê, respondi. E só para provocá-lo argumentei: — quem disse para você que eu penso que enxergo diferente, aliás, pode ser uma visão semelhante à de muita gente. Gente que não vê a árvore, mas o pássaro. Não o beco, mas a morte; a partida e não o trem. Surpreso, ele arregalou aqueles belos olhos verdes como o mar, sorriu e disse: — você enxerga demais.

Já outro amigo disse: nãnãninãnã. Não é nada disso. Você quer que o outro também veja como você vê e não como eles vêem, ou pensam que vêem... ou será que é você que não vê? Hum! Esse é aquele amigo todo explicadinho, que a gente acaba concordando só para evitar tempo e perdas. Não, caro leitor, não pense que é perda da amizade. Amigo que é amigo não se deixa abater à toa. Ele, sabedor disso, não perde tempo e vai embora todo satisfeito.

Já outro amigo, bom de prosa, adentrou a conversa sem nada comentar, pois sabia que o momento era da poesia. De olhos fechados, olhador profundo das coisas e da vida que é, enxergou no fundo de si o poema há tanto tempo guardado, o poema de seu poeta predileto. Sua voz ecoou na sala e nos fez enxergar, por um momento, a vida com os olhos do amigo e do poeta.

Olhar
Ferreira Gullar

O que eu vejo
Me atravessa
Como o ar a ave
O que eu vejo passa
Através de mim
Quase fica
Atrás de mim
O que eu vejo
- a montanha, por exemplo,
Banhada de sol -
Me ocupa
E sou então apenas
Essa rude pedra iluminada ou quase
Se não fora
Saber que a vejo.

4 comentários:

Toninhobira disse...

Beleza de construção Sueli,estas reflexões são perfeitas,bem como a definição destes amigos.O poder do olhar, a profundidade dele, a qualficação do olhar,muito bom mesmo.Ainda como cortesia um Ferreira. Como diria Gullar: " uma parte de mim é todo mundo,outra é ninguem fundo sem fundo..." Mais um belo exercicio amiga.Meus aplausos.
Um terno abraço nesta volta.
Bju de luz nos seus dias de belas inspirações.

sueli aduan disse...

Amei seu comentário,Toninhobira. Bom saber que o que nos "toca" ,"toca" o outro, gratíssima.

bju de luz pra vc tb, amigo.

Marinês disse...

Ai demorei para voltar. Boba eu, né? que só andei perdendo nesse tempo que não vim...rsrsrrsr....mas, voltar e ler a serie que tanto me encanta me faz ver que o dia será diferente...acerca de um olhar diferente, apontado é claro nas entrelinhas de sua rica poesia...

bj

sueli aduan disse...

Obrigada,Marinês. Amei teu comentário rs Que bom que voltou isso significa que tb ira postar teus belos textos...oba!!!

bjão