quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Calcinha de Oncinha

          Dias antes da festa das bodas de prata, a mulher flagra o marido comprando calcinhas de oncinha.

-Faz vinte e cinco anos que você me conhece e nunca usei isso.
-Para quem é, para a sua amante?
Ele pálido e gaguejando, responde:
-É pra mim. Eu sempre adorei usar calcinhas ,me perdoe.
A festa das bodas foi um sucesso. Ele nunca mais deixou de usar calcinhas, pelo menos em casa.  Tampouco, deixou a amante.

                                                
Ary Roberto de S.Pinto- ex- diretor cultural em Tatuí , e atualmente meu aluno na Oficina "Os minicontos"

4 comentários:

Toninhobira disse...

Sensacional,tem saida para tudo nesta vida,ainda que se pague por isto.
Belo trabalho amiga.
oi criação esposntanea/livre?
Parabens ao Ary.
Um abraço amiga.
Bju

sueli aduan disse...

:o) poizé, Toninhobira. O Ary é sensaciona

O minitexto é fruto (tb) das nossas aulas, um exercicio proposto e, claro, a experiência dele com a escrita que é excelente.

abraço amigo.

sueli aduan disse...

ops sensacional :O)

Claudio Elias Do Nascimento disse...

Jesus Cristo Esta Voltando!!!