quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Receita para arrancar poemas presos:



você pode arrancar poemas com pinças
buchas vegetais, óleos medicinais
com as pontas dos dedos, com as unhas
com banhos de imersão
com o pente, com uma agulha
com pomada basilicão
alicate de cutículas
massagens e hidratação
mas não use bisturi nunca


em caso de poemas difíceis use a dança.
a dança é uma forma de amolecer os poemas
endurecidos do corpo.
uma forma de soltá-los
das dobras dos dedos dos pés, das vértebras
dos punhos, das axila,do quadril
são os poema cóccix. os poema virilha
os poema olho, os poema peito
os poema sexo, os poema cílios


ultimamente ando gostando de pensamento chão
pensamento chão é poema que nasce do pé
é poema de pé no chão
poema de pé no chão é poema de gente normal
gente simples
gente de espírito santo
eu venho do espírito santo
eu sou do espírito santo
traga a vitória do espírito santo
santo é um espírito capaz de operar milagres
sobre si mesmo

Viviane Mosé- Psicóloga e psicanalista- Mestra e doutora em filosofia.

4 comentários:

Katia Mota disse...

Eu simplesmente adoro esse poema.... não sei te dizer porque mas é realmente um dos meus favoritos. Pretendo trabalhar ele com meus alunos... bj

sueli aduan disse...

Também gosto muito,aliás, de todos as poemas da Viviane Mosé.São deliciosas, profundos, belos.
Quem me dera escrever assim....(qdo crescer, rsrs)

Muito, muito legal, Ká, trabalhar esse poema com teus alunos. Continua,então, com o "projeto de Voluntáriado". Iupiiiii!!!

bjus

Katia Mota disse...

Estou com uma proposta nova, que é tentar a oficina de poesia, está legal.. mas o pessoal é muito novo, não dá para aprofundar... mas adoro... Já são 4 anos...

sueli aduan disse...

É isso mesmo!!!Tente! É sempre bom propostas novas. E com esse tempo de experiência, tira de letra, não tem com o que se preocupar.
E, há também belos poemas infanto/juvenil.
Sabe que admiro esse teu trabalho, aliás, o que mais falta são voluntários!
bjus