domingo, 7 de março de 2010

"Mulheres de Atenas"

"Mirem-se no exemplo Daquelas mulheres de Atenas Vivem pros seus maridos Orgulho e raça de Atenas Quando amadas se perfumam Se banham com leite, se arrumam Suas melenas
Quando fustigadas não choram Se ajoelham, pedem imploram Mais duras penas, cadenas"
Mulheres de Atenas -Chico Buarque


Devoragem
Assim vejo a mim:
perdida dentro de um homem,
sedenta de paixão e desejo.


Uma mulher,
nua e quente.
Com a boca molhada,
entreaberta para o beijo.
Corpo e movimento.
Pernas e pêlos


Assim vejo a mim:
perdida dentro de um homem,
mãos e seios,
pulsação e orgasmo.
Na voragem o amanhecer.

4 comentários:

Evandro Gastaldo disse...

Legal Sú! Parabéns!

sueli aduan disse...

Obrigada, Evandro.
valeu!

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°° Marcos Quinan disse...

Parabéns...

Te abraço com o poema


Nascimentos

Quando tua boca vadia me percorre
Macia, molhada, sedutora
Um deus nasce em volta
Sem saber se explicar
Tão sem rumo o coitado
Nem sabe pra onde olhar

Se as mãos, se permitindo
Se os olhos, vazios de medo e dor
Ou se o arrebatamento
De dois corpos em um só

Implora, quer a beleza
E a liturgia da intensidade
Que seu credo quer negar

Prepara tanta razão
Para o silêncio desmanchar
Que finge até segredos
Mentindo para vendar

Quando teu desejo sem pudor me envolve
Lânguido, libertário, sedutor
Nasce dentro da minha carne
O ser sem deus que é o deus da tua carne

sueli aduan disse...

Belíssima, MARCOS. Vou postar no Ato Poético :o)
beijo
te abraço