quinta-feira, 29 de julho de 2010

Velhos sapatos.. longas caminhadas...

Imagem: fotomontagem dos sapatos pintados por Van Gogh.
by Imaginário Poético

Escrito no período de 1776, Os devaneios do caminhante solitário, até a véspera de sua morte, em 1778, o livro é um contundente e tocante registro dos derradeiros devaneios que ocuparam as andanças solitárias de Rousseau por Paris e seus arredores.

Já no primeiro capítulo, Rousseau deixa claro que este é um diário de suas reflexões, no qual pretende examinar seu afastamento e sua resignação frente à sociedade. Nestes ensaios, ele apresenta sua visão filosófica da felicidade: a dedicação exclusiva aos simples prazeres da vida ordinária, como a contemplação da natureza por meio de longas e solitárias caminhadas. Reflexivo, divertido e poético, Os devaneios do caminate solitário é uma fascinante exploração do pensamento do filósofo, que revê alguns dos momentos mais marcantes de sua vida a fim de justificar suas ações e se defender dos críticos que o condenaram ao esquecimento.

Publicado postumamente, este grande testamente inacabado é considerado pelo próprio autor como a conclusão de sua obra. Diferente de seus outros escritos, marcados por discursos inflamados, Os devaneios são relatos líricos e serenos, que retratam sua sensação de isolamento e estranheza pelas críticas à sua obra e às suas posições humanistas. Os textos, compostos por dez capítulos denominados “caminhadas”, combinam argumentos filosófico com saborosas anedotas que expõem as considerações do filósofo sobre a natureza do homem, sua individualidade e conduta.

Os devaneios do caminhante solitário
de Jean-Jacques Rousseau
Tradução de Julia da Rosa Simões
 Coleção L&PM POCKET – 144 páginas


6 comentários:

Katia Mota disse...

Poxa me interessei, quero ler... bjão....

sueli aduan disse...

Leia,sim. Profundo e divertido.
bjus

cristinasiqueira disse...

Sueli querida,

Anotei e vou ler.
Fiquei meio de "banda" perdida lá por Trancoso.
Que loucura a gente se perder para efetivamente se encontrar.
Sempre é bom te visitar.
Em Trancoso entrevistei Bruna Lombardi,passe pelo blog
www.euamotrancoso.blogspot.com

Com carinho,

Cris

sueli aduan disse...

Delicia Trancoso...e ficar perdida melhor ainda :o)

Obrigada, minha querida, vou entrar ja, já no blog rss.
bjão muitoooooo carinho

dana paulinelli disse...

Sueli,
o Ofício está muito, muito bacana!
Grande abraço.

sueli aduan disse...

Dana,

Vindo de vc, meu Deus, fico felicíssima.
obrigada, querida.
beijo