sexta-feira, 24 de junho de 2011

da série: Tenho um amigo que disse que eu...



Tenho que ser mais flexível, pois nem sempre as pessoas entendem um tipo como eu. Nossa! Como assim um tipo como eu? Percebi que ele ficou embasbacado com a minha pergunta. Não esperava, por certo. E respondeu à queima-roupa. É isso. Você faz cada pergunta.

Já outro amigo disse que não é nada disso. O problema não está na pergunta, ou melhor, nas perguntas, pois devemos sempre questionar. Se iremos encontrar respostas são outros quinhentos. Como assim outros quinhentos, perguntei sem pestanejar. Viu como estou certo, argumentou meu amigo que mal esperou o outro completar a frase. E lá ficaram os dois a confabular sobre minha esquisitice.

Foi quando entrou meu amigo das horas certas o qual, tanto eu quanto você, caro leitor, aguardamos na expectativa de que, com sua sabedoria peculiar, coloque um fim nessas saudáveis discussões entre amigos. E ele foi logo dizendo: — não há nada de estranho em ser como se é. E eu não podia deixar por menos. Como assim dá para ser como não se é?  Ele, com os olhos lagrimejando de tanto rir, respondeu: — sim, é a chamada pseudo-esquisitice. Agora sou eu quem está com os olhos lagrimejando de tanto rir, pois sou verdadeiramente esquisita.

7 comentários:

Katia Mota disse...

São outros quinhentos é ótimo... rs... esquesitices a parte, faz parte... bjs Su curta seu dia.

sueli aduan disse...

Faz parte sim, e da vida de todos nós.

Carpe Diem, sempre e sempre.

grata,

bjão.

Carla Wanessa disse...

Eu tenho uma amiga que avidamente olha para o mundo em prosa e verso e que hoje, como diriam os mais velhos, se torna imortal e realiza seu sonho... Parabéns, querida!!

sueli aduan disse...

Ô Carlinha! Amei o comentário belo, poético,verdadeiro.

grata,
beijão querida.

sueli aduan disse...

E depois, no boteco,( só mesmo levemente embrigado rs) Carlinha falaremos sobre "essa imortalidade" tendo como referências, entre outos, mestre Mantovani e toda sua sábia irônia :o) kkkkk

bjaço

Toninhobira disse...

Otimo exercicio aqui, nas definições destes amigos para concluir de nossas esquecetices. Quem não as tem?
Um abração Sueli.

sueli aduan disse...

poizé, Toninhobira somos todos uns esquisitões.rs

grata,
abraços