sexta-feira, 23 de outubro de 2009

da série : tenho um amigo que disse que eu:

Estou totalmente errada quando converso com qualquer um, que eu só devia conversar com os amigos mesmo, ou ainda, com aqueles que acabo conhecendo por intermédio dos próprios amigos, numa festa, num jantar, num teatro, saber mesmo quem é a pessoa, não assim , qualquer um.
O que será ele quis dizer com qualquer um? O problema, claro, não está no um. Um somos todos, a questão é o qualquer. Esse cara desconhece o peso que as palavras possuem, senão não seria tão depreciativo.
Será que ele nunca pensou que uma grande amizade pode nascer assim, desses encontros casuais, não é difícil isso acontecer não.
tenho um amigo que disse que o grande amor da sua vida surgiu assim inesperadamente. Numa noite, quando andava à toa no calçadão na espera que o sono chegasse viu um vulto que se aproximava em sua direção, a princípio ficou assustado, mas continuou andando normalmente, ao passar pela pessoa não resistiu puxou uma conversa. Esse meu amigo é tagarela mesmo, feito eu. Acho que vou começar a andar no calçadão, vai que numa noite dessas...
tenho um amigo que disse que a gente pode machucar, provocar dor em alguém só com palavras. Esse meu amigo é todo explicadinho, foi logo completando:
_ não aquela dor de quem já levou tapa, chinelada, cintada, e que deixam vergões vermelhos, ardentes. A dor da palavra não deixa marcas visíveis, fica tudo na mente latejando... latejando, dura quase pra sempre. Esse meu amigo sabe das coisas.
Tenho um outro amigo, grande amigo, esse sim, sabedor da força das palavras. Ele disse que adora me ver passar batom, que faço biquinho, e parece que estou a falar, falar vermelho, falar perfumado...
disse isso sorrindo, com um olhar cheio de poder, poder até das palavras não ditas, mas ainda bem que as escutei ...

16 comentários:

Veroca disse...

Eita Sueli que estes seus amigos são o bicho hehehe. O primeiro, bem, um monte de qualquer um já virou "o número um" na minha vida. E sempre falo, se Deus existe, ele mora num lugar chamado acaso. Os melhores encontros me vem do acaso, inclusive tem sido assim com vc aqui na net. O que gosta de tudo explicadinho é ótimo e ... bem, o último, o olhar deste é bem......... hummmmmmmm, de um grande e interessado amigo, parece já notou também né? hehehe. Um dia alguém me disse que achava engraçado que as mulheres quando perguntadas se fulano estava interessado, diziam:
- que isto, somos apenas bons amigos. E ele disse,
- engraçado, parece que mulheres só tem " affairs" com inimigos hehehe; bem, mas tudo são elocubrações. Estou no aeroporto do Rio, voltando pra casa, sem net hoje. Mas já escrevinhando o texto qu enos passou. Dia 28 estarará lá rsrs Bjs Su, bom domingo

sueli aduan disse...

Ô Veroca suas visitas me deixam feliz... rindo...rindo, com as delícias que escreve, genial!

ah! que ótimo já pensando no texto, muito legal! e fala tb pros seus amigos vamos agitar lá!!!

bjão Bom domingo!

Katia Mota disse...

Eu tenho uma amiga que diz, que ainda é possivel acreditar.... bjs

sueli aduan disse...

Hum!!!já gostei dessa sua amiga,
valeu Kátia
bjs

Adriana Karnal disse...

Sueli, ai que lindo esse amigo q diz q teu batom vermelho tem cheiro de perfume...adorei!OS amigos falam muito, alguns valem a pena escutar,mas é fato: se conselho fosse bom a gente vendia....rs...brincadeira, eu acho q grandes amigos dão grandes conselhos...gosto muito do teu jeito casual de escrever.

sueli aduan disse...

Ah! amigos ,tão bom,o que seríamos sem eles, mesmo os da imaginação.(rs)
Obrigada Adriana,fiquei muito,muito feliz com seu comentário, tão pertinente, sobre minha escrita,sabe o quanto batalhamos pra isso.
bjs, querida.

Marinês disse...

Eu tenho um amigo indiano que disse: - "Não jogue palavras ao vento...vc não sabe a força que elas têm...e o mesmo dizia que isso não era auspicioso" rssssssss....

Aprendi muito com esse amigo meu...o seu deve ter bebido nessa mesma fonte...

as palavras ferem e machucam...
paradoxalmente...encantam!!!

bju

sueli aduan disse...

Lindo isso!!!! eese seu amigo indiano sabe das coisas, e como, (rs)

e tb viva os paradoxos!!! (rs)

NDORETTO disse...

_______Gostei muito,humor e síntese,uma graça!

bjs,Neusa

http://poesiarapida.blogspot.com

sueli aduan disse...

Ô Neuza, obrigada, fico muito feliz que tenha gostado, valeu!!!!

E ja temos texto novo (fresquinho kkk) lá no Tempus. Gosto quando você participa, sua escrita é muito, muito interessante. ENTRA LÁ.

bjs

Toni D'Agostinho disse...

A partir de agora... só converse aos pares... dois de cada vez! Se ficar difícil reunir um casal interessado pelo mesmo assunto, tome 15 cervejas e espere ver em dobro - não converse com um!
Beijão!

NDORETTO disse...

( Te contei que sou de Sorocaba? Que nasci na rua D.Pedro II?E que adoro essa terra? Riso,pausa- )

Agora vou no Tempus....eheheh

abraços,neusa

sueli aduan disse...

kkkkk Genial!!! Toni D'Agostinho.
valeu!!!

sueli aduan disse...

Vc contou sim, e vc sabe que eu morei na Pedro II- Nº 50, há 20 anos. ichi , vai ver foi na mesma época!!!

já fui no Tempus...adorei e continuei.
bjs

cristinasiqueira disse...

Bem ,
Minha mãe sempre dizia :-não converse com estranhos.
E hoje penso... penso na temeridade desta minha vida em que me fio na intuição ,fé em Deus e vou em frente.
Amiga de estranhos que se tornaram de casa.
Tudo é estranho e carece da confirmação que só o tempo traz.
Amigo é aquele que dá toques mas também perfuma e repara no brilho fresco do batom.
Acaso é roteiro de filme bom!

Beijos,

Cris

sueli aduan disse...

Lindo seu comentário Cris!!!

Acaso é roteiro de filme bom!ADOREI ISSO!!!!