segunda-feira, 26 de outubro de 2009

"MUNDO E CORPO" sujeito e objeto


Quando minha mão direita toca a esquerda, sinto-a como uma coisa física, mas no mesmo instante, se eu quiser, um acontecimento extraordinário se produz: eis que minha mão esquerda também se põe a sentir a mão direita. Nele (meu corpo) e por ele não há somente um relacionamento em sentido único daquele que sente com aquilo que ele sente: ocorre uma reviravolta na relação, a mão tocada torna-se tocante, obrigando-me a dizer que o tato está espalhado por todo o corpo, que o corpo é ‘coisa sensitiva’, sujeito e objeto. A mão direita é sujeito? A esquerda é objeto? Ou ambas sujeito e objeto? Parece que tais questões deixam de ter importância quando nos preocupamos com a experiência sensível ou com a busca do ser bruto. A experiência tátil, o tocar e o ser tocado, bem como a experiência visível, ver e ser visto, emergem de um mesmo tipo de ser. O corpo pertence às duas ordens do sujeito e do objeto ao mesmo tempo. Tal relação pode ser transposta para a relação corpo e mundo. O corpo também pertence à ordem das coisas assim como as coisas também pertencem à ordem do corpo. É também no plano do sensível que estará a possibilidade de percepção do outro. O outro habita um mesmo campo sensível, embora não habite a mesma consciência. Mas a experiência sensível é uma espécie de entendimento anterior à qualquer clivagem sujeito-objeto ou consciência-mundo.
Mundo e corpo são simultaneamente sujeito e objeto. (M.Ponty)
-----------------------------------------------------------------------------------------------
Maurice Merleau-Ponty escritor e filósofo líder do pensamento fenomenológico na França, nasceu em 14 de março de 1908, em Rochefort, e faleceu em 4 de maio de 1961, em Paris. Estudou na Ecóle Normale Supérieure em Paris, graduando-se em filosofia em 1931.
Em 1955 publicou"As Aventuras da Dialética".

7 comentários:

Marinês disse...

É para se refletir...verossímil!!!

bju

sueli aduan disse...

uma percepçãpo e tanto!!bom, tb olha só quem é a figura,Merleau-Ponty,precisa mais. rsrs
bju

sueli aduan disse...

ops "percepção CARAMBA, é emoção kkk.

Priscila Lopes disse...

Ponty, sempre pertinente. Essas leituras são sempre inspiradoras; não estivesse eu agora trabalhando, escreveria algumas considerações.

Bom final de semana, Sueli!

sueli aduan disse...

é inspirador mesmo!!!!uma delícia.

Bom fim de semana,Priscila!

Adriana Karnal disse...

Merlou Ponty é maravilhoso,digo,ma-ra-vi-lho-so! Esse texto me´tafísico quase é tãp]o atual...ninguém ainda quebrou a lei de dois corpos não ocupam o mesmo lugar...Vc é reflexão pura,Suely

sueli aduan disse...

Também gosto muito desse texto Adriana,acertou em cheio: ma-ra-vi lho-so.(rs)
Esses caras nos instigam a reflexão. ( e isso é muito bom).
bju